Orbi – Espaço em BH de conexão Grandes Empresas e Startups está com inscrições abertas!

O Órbi é um espaço de conexão para gerar negócios entre startups e grandes empresas. Foi cocriado por empreendedores do San Pedro Valley, Banco Inter, Localiza e MRV e está com inscrições abertas para a segunda chamada de residentes do espaço.

Startups de todo o Brasil que querem conquistar o mercado mineiro, que possuam grande potencial de fechar negócios com grandes empresas, estejam com seus produtos validados no mercado e já tenham iniciado suas vendas podem se inscrever para o processo.

Serão avaliadas as 50 primeiras empresas que fizerem cadastro e selecionadas 10 para a residência.

Conecte-se a grandes empresas, feche grandes contratos e faça parte do Órbi! Não perca esta oportunidade!

Saiba mais e inscreva-se: goo.gl/Xay6YQ

Workshop Shell Startup Challenge Brasil e Edital de Inovação da Indústria (R$ 830 mil por projeto!)

No dia 15 de março, o Programa Shell Startup Challenge Brasil e o Edital de Inovação para a Indústria realizam o lançamento do desafio Monitoramento e controle de dados em Tempo Real em Salvador (BA), no Senai Cimatec.

Os participantes do evento irão conhecer mais sobre o desafio destinado a startups, microempreendedores individuais (MEIs) e micro e pequenos empreendedores (MPEs). A chamada temática faz parte do Edital de Inovação para a Indústria e busca soluções tecnógicas com a possibilidade de aplicação na digitalização do setor de Petróleo e Gás.

As empresas selecionadas terão o apoio da Shell, do SENAI e do SEBRAE para desenvolver e validar as novas tecnologias. As inscrições vão até 29 de maio e cada projeto poderá receber recursos de até R$830 mil!

Inscrições: http://www.portaldaindustria.com.br/senai/eventos/workshop-shell-edital-de-inovacao-salvador/

Prefeitura de Salvador lança desafios para startups (37 desafios)

Desde o dia 01/Março a prefeitura de Salvador está aceitando pelo site ( http://pitch.salvador.ba.gov.br/ ) inscrições para 37 desafios. São eles

Educação

  • Como otimizar, a partir do registro de entrada dos alunos, o gerenciamento da oferta de merenda escolar?
  • Como otimizar a distribuição de servidores efetivos e funcionários terceirizados por unidade educacional?
  • Como modernizar o registro dos alunos em sala de aula de modo a otimizar a chamada e aumentar o controle sobre o número de presentes?
  • Como acompanhar a agenda diária do professor de forma georreferenciada e detalhada (horários das aulas, sala, turma, execução da programação pedagógica)?
  • Como automatizar a solicitação e disponibilizar online o histórico escolar?
  • Como otimizar a comunicação entre a Gestão e o Conselho Escolar, mantendo uma base de dados atualizada com informações do conselho e da respectiva gestão financeira?
  • Como otimizar o registro e atualização de informações do aluno quanto a sua saúde de modo integrado com o Sistema Informatizado da Matrícula?
  • Como sistematizar informações sobre a infraestrutura da rede de ensino, do porte da escola, quantitativo de salas, equipamentos disponíveis, estado de conservação, necessidade de reparos e registro do imóvel (alugado, doado ou próprio)?
  • Como oferecer e/ou ampliar o acesso digital de conteúdos pedagógicos (livros, revistas, exercícios, simulados, jogos) para os alunos?
  • Como melhorar o controle quantitativo de fardamentos disponibilizados para os alunos e atualizar informações de tamanho anualmente?
  • Como realizar a integração do registro de crianças do Primeiro Passo com a base de dados da educação, permitindo a otimização do planejamento para atendimento da educação infantil?
  • Como melhorar o cadastro e controle de inventários que fazem parte dos bens patrimoniais da Prefeitura?
  • Como otimizar o planejamento e controle de execuções de obras de melhorias e manutenções nas escolas?
  • Como otimizar a distribuição espacial das escolas, minimizando o custeio?
  • Como otimizar a estruturação e a disponibilização dos dados das avaliações PROSA e prova Brasil, sobre o desempenho dos descritores das unidades escolares?
  • Como digitalizar, catalogar e dar acesso à ficha e documentos dos alunos online?

Saúde

  • Como tornar mais ágil e prático o registro de ocorrências para o Samu?Como melhorar a marcação de consultas visando reduzir filas nos postos de saúde?
  • Como minimizar o número de pacientes faltosos em consultas, exames e procedimentos agendados?
  • Como auxiliar os pacientes na administração de seus medicamentos?
  • Como implementar avaliação de satisfação do cidadão sobre atendimento recebido pela rede própria e contratualizada?
  • Como tornar a identificação dos pacientes mais ágil e segura?
  • Como monitorar o acesso aos estabelecimentos de saúde visando possibilitar maior controle e geração de indicadores?
  • Como monitorar o tempo de atendimento do usuário SUS em Estabelecimentos de Saúde da Rede Própria?
  • Como tornar mais eficiente o monitoramento de doenças e a disseminação de informações técnicas e confiáveis sobre saúde mais eficientes por meio de aplicativos?
  • Como melhorar o registro e a consolidação de informações sobre os hábitos e o acompanhamento clínico de pacientes (atividades físicas, alimentação, sono, glicemia, pressão arterial, etc.), para auxiliar na prevenção de doenças?
  • Como melhorar a divulgação à população sobre os serviços de saúde ofertados pelo Município, na rede própria e contratualizada?
  • Como otimizar a abertura e acompanhamento de processos online por parte dos contribuintes da Vigilância Sanitária e dotar a Gestão de uma ferramenta para controle dessas atividades?

Assistência Social

  • Como melhorar o controle da concessão do Auxílio Funeral (Semps) e sepultamento nos Cemitérios Municipais?
  • Como otimizar a estruturação e a disponibilização dos dados do Cadastro Único para decisão dos gestores?
  • Como modernizar a gestão dos benefícios da Semps?
  • Como integrar e unificar, de maneira eficiente, a oferta de serviços e modernizar a identificação da população em situação de vulnerabilidade e risco social?
  • Como ampliar a difusão de informações sobre os serviços da Semps e da rede de parceiros do Município?
  • Como melhorar o controle dos atendimentos e encaminhamentos do serviço de Abordagem Social e Centro POPs integrando-os a outros serviços da Semps?
  • Como avaliar a satisfação dos usuários quanto aos serviços prestados, de forma direta e indireta, pela Semps?
  • Como dinamizar a avaliação da qualidade dos serviços da rede parceira da Semps?
  • Como automatizar a elaboração e gestão de projetos sociais?

Quer participar? Se cadastre em: http://pitch.salvador.ba.gov.br/

 

 

 

Empresa baiana promove evento internacional de startups em SP

Trata-se da segunda edição do Get In the Ring, no Brasil. A primeira foi realizada em Salvador, no ano passado.

Já imaginou um evento em que empreendedores são colocados em um ringue de boxe para batalharem por suas ideias de negócio? Esse é o Get in The Ring, evento internacional, cuja segunda edição brasileira, promovida pelo Grupo Rede Mais (Rede+), acontece no próximo dia 12 de abril, em São Paulo. As inscrições estão abertas e podem ser feitas por startups de todo o país até o próximo dia 22.

Na capital paulista, startups promissoras de todo o Brasil terão a chance de expor os produtos e negócios desenvolvidos em um evento que envolve pessoas-chave do mundo empreendedor nacional, além de concorrer aos disputados prêmios e à chance de representar, com todas as despesas pagas, o país na etapa mundial do Get in the Ring, que acontece em Portugal, ainda no primeiro semestre de 2018.

Os empreendedores interessados deverão se inscrever até 23h59 do dia 22 de março, pelo site http://getinthering.co/saopaulo. A comissão organizadora do evento vai selecionar até 16 startups, que lutarão pelo lugar mais alto do pódio, apresentando um pitch (rápida exposição de um modelo de negócio) em inglês, dentro de um ringue de boxe.

A Rede+ é referência nacional quando o assunto é coworking, escritório virtual, inovação e aceleração de startups. O Grupo está presente em Aracaju e em Salvador, com duas unidades – uma na Barra, próximo ao Forte de Santa Maira e outra recém-inaugurada no Suarez Trade Center, Avenida Tancredo Neves.

Sobre a competição internacional

A competição, realizada pela primeira vez na Holanda, em 2012, foi criada pelo Get in the Ring Foundation e surgiu com a missão de reduzir a taxa de insucesso de empresários talentosos e de inovações com potencial de mudar o mundo. Acredita-se que os principais motivos que ocasionam o fechamento de muitas startups é a falta de acesso a financiamentos e falta de ajuste do produto com o mercado. Ao conectar startups com novas oportunidades através de um pódio global, pretende-se impulsionar o início e moldar o futuro dos seus negócios.

Cerca de 80 países e mais de 10.000 startups já participaram da competição global, que foi criada com o objetivo de fomentar o mercado do empreendedorismo e inovação, conectando startups com projetos de grande potencial a novas oportunidades de crescimento dos respectivos negócios.

O que: Get in The Ring – etapa Brasil em São Paulo;
Quando: 12/04/17, às 19h;
Onde: São Paulo, SP;
Inscrições: Até o dia 22/03/18, através do site getinthering.co/saopaulo;
Informações: Facebook – Get in the Ring SP.

Pitch Salvador apresenta desafios para Startups de Saúde, Educação e Assistência Social

Com objetivo de aprimorar a gestão e otimizar a qualidade dos serviços públicos ofertados aos cidadãos, a Prefeitura de Salvador lança o programa Pitch Salvador, que busca soluções inovadoras para os desafios do serviço público, através de startups de todo Brasil, que possuam CNPJ e que disponham de produtos, serviços ou protótipos prontos para serem testados.

O Pitch Salvador, iniciativa idealizada pela Secretaria Municipal de Gestão, integra o Programa Salvador 360 no eixo Cidade Inteligente, vai trazer nesta primeira edição desafios nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social, que serão apresentados no dia do lançamento.

  • O que: Pitch Salvador
  • Quando: 01/03/2018 às 15h
  • Onde: Wish Hotel da Bahia (Campo Grande)
  • Quem: Startups, gestores públicos, investidores e demais interessados

 

Atire a primeira pedra – coloque a idéia da sua startup na arena.

As principais referências em Startups de Salvador, estarão presentes no evento, validando ideias e dando dicas de mentoria e qual o melhor caminho a seguir.

Você tem uma ideia bacana para abrir uma Startup, mas não sabe quais são os próximos passos, ou então, não tem ainda aquela certeza que o negócio pode dar certo? É uma boa chance de descobrir com o “Atire a Primeira Pedra 2”, evento que ocorre dia 28/02/18, ás 19:00, na Rede+, na Suarez Trade, no Caminho das Árvores, realizado pela ABASTARTUPS e REDE+, com apoio do Sebrae, Cubos e UP!. Os principais players do mercado podem dar um direcionamento a sua ideia e orientar os próximos passos.

Faremos uma pré-seleção e sendo aprovado, você terá até 5 minutos para falar um pouco de sua ideia, juntamente com um pitch de até 10 slides. Após sua apresentação, a banca vai dar suas devidas opiniões. Teremos no máximo 6 apresentações, então inscreva-se

Além do “atire”, teremos também no evento a divulgação da logomarca de nosso ecossistema, o All Saints Bay. A logo vencedora foi eleita através de um processo de engajamento democrático do ecossistema, então que vença a mais votada!

Gostou do evento, mas quer ir para participar? Você também é bem-vindo, o evento tem também como foco, ser um local para muito networking, envolvendo estudantes, desenvolvedores, startups locais e nacionais, assim como demais players do ecossistema, como empresários, mentores e anjos-investidores.

Aguardamos você, anote em sua agenda:
Evento: Atire a primeira pedra 2
Data: 28/02/18
Local: Rede+
Hora: 19:00
Inscrições:

https://www.sympla.com.br/atire-a-primeira-pedra-2__242740

Coloque sua startup na Plataforma de Lançamento do InovAtiva Brasil

 

Nesse ano o InovAtiva Brasil está cheio de novidades, além das mentorias e capacitações os empreendedores selecionados terão acesso ao InovAtiva Academy, um espaço com conteúdos personalizados para as necessidades de cada startup.

As startups finalistas do programa poderão participar da maior banca de investidores do país no Demoday InovAtiva, e ainda participar de uma etapa exclusiva de Conexão com o Mercado. Conheça o InovAtiva 2018 e não perca tempo!

Inscrições: até 5 de março de 2018

Quanto custa: é gratuito

Vantagens de participar: receber mentorias com especialistas de mercado, acessar a maior rede de networking com mentores e investidores do país, receber capacitação personalizada para a startup, ter a oportunidade de participar de eventos presenciais de conexão e mentorias. Inscreva-se no InovAtiva e prepare-se para lançar sua startup ao mercado. Saiba mais.

Ciclo de Aceleração 2018

Governo constrói programa de apoio a startups baianas

Uma política pública voltada para a área de inovação e que vai apoiar startups de toda a Bahia desde o seu nascimento até a consolidação no mercado. Essa é a proposta do programa estadual Startup Bahia, iniciativa do Governo do Estado, através da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti). O encontro para construir de forma participativa as diretrizes do programa reuniu, no Parque Tecnológico, representantes de empresas, aceleradoras, indústrias, associações, universidades, institutos, além de investidores e poder público.

Presente na abertura do evento, o secretário da Secti, Vivaldo Mendonça, comemorou a adesão dos atores do ecossistema para a construção participativa desta importante política de governo. “O ‘Startup Bahia’ veio para organizar as ações e iniciativas de governo na busca por estabelecer um diálogo aberto com startups do estado da Bahia, organizando uma agenda de governo para o próximo período. É a consolidação de uma política pública capaz de impulsionar este segmento em todo o estado”, disse.

Na oportunidade, os representantes de cada empresa ou instituição apontaram uma agenda mínima de compromissos com o Governo da Bahia, de curto, médio e longo prazos, tendo como contrapartida as políticas de fomento, articulação e comunicação do estado. Também estiveram presentes na oficina o presidente da Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), Ruben Delgado, o presidente da Associação Baiana de Startups (Abas), Eduardo Fiúza, e o diretor-geral da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), Lázaro Cunha.

Para o chefe de Gabinete da Secti, Rodrigo Hita, do ponto de vista estratégico, esta iniciativa vai fortalecer a narrativa do governo estadual, no campo da inovação, como força motriz para o desenvolvimento das políticas públicas de fomento aos empreendimentos tecnológicos. “Não há dúvida de que a construção de uma política pública com os atores do ecossistema de inovação da Bahia será um marco para toda a sociedade baiana”, destaca.

Startup Bahia

O programa de empreendedorismo e inovação ‘Startup Bahia’ é uma nova política pública do Governo do Estado que tem a proposta de integrar as ações das diversas secretarias e órgãos envolvidos com esta temática, de forma a garantir efetividade na gestão dos recursos e potencializar e fortalecer o ecossistema baiano de inovação tecnológica. Além da Secti e da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), a nova agenda integra as Secretarias da Educação (SEC), do Planejamento (Seplan), de Comunicação Social (Secom), do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Casa Civil, da Administração (Saeb), de Desenvolvimento Econômico (SDE) e de Cultura (Secult).

Startups e Governo se reúnem para fortalecer a inovação tecnológica da Bahia

Secti realiza oficina para construção participativa do Startup Bahia como política pública do Governo do estado.
 

O ecossistema de startups tem encontro marcado com o Governo da Bahia para construção participativa das diretrizes do programa estadual  ‘Startup Bahia’, que vai integrar as ações de fortalecimento da inovação tecnológica do estado. A iniciativa da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) vai reunir empresas, aceleradoras, indústrias, associações, universidades, institutos, investidores e outras secretarias nesta quinta-feira (14), às 14h, no auditório do Parque Tecnológico Bahia, o Tecnocentro Bautista Vidal.

A oficina vai integrar os representantes das startups baianas, além da Associação Baiana de Startups (Abas) e hubs de empreendedorismo espalhados por todo o estado. De acordo com o assessor de Relações Institucionais da Secti, Sócrates Santana, a participação das empresas e dos demais agentes deste ecossistema será a chave para construção de uma política pública de sucesso, colocando a Bahia no centro deste debate fundamental para o desenvolvimento no contexto atual.

Os participantes serão organizados em grupos com sete eixos temáticos: talento; capital e fomento; densidade; regulação; cultura; acesso ao mercado e relações internacionais; e impacto social e diversidade. Na oportunidade, os representantes de cada empresa ou instituição vão apontar uma agenda mínima de compromissos com o Governo da Bahia, de curto, médio e longo prazos, tendo como contrapartida as políticas de fomento, articulação e comunicação do estado.

Para o chefe de Gabinete da Secti, Rodrigo Hita, do ponto de vista estratégico, esta iniciativa vai fortalecer a narrativa do governo estadual, no campo da inovação, como força motriz para o desenvolvimento das políticas públicas de fomento aos empreendimentos tecnológicos. “Não há dúvida de que a construção de uma política pública com os atores do ecossistema de inovação da Bahia será um marco para toda a sociedade baiana”, destaca.

Startup Bahia

O programa de empreendedorismo e inovação ‘Startup Bahia’ é uma nova política pública do Governo do Estado que tem a proposta de integrar as ações das diversas secretarias e órgãos envolvidos com esta temática, de forma a garantir efetividade na gestão dos recursos e potencializar e fortalecer o ecossistema baiano de inovação tecnológica. Além da Secti e da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), a nova agenda integra as Secretarias da Educação (SEC), do Planejamento (Seplan), de Comunicação Social (Secom), do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Casa Civil, da Administração (Saeb), de Desenvolvimento Econômico (SDE) e de Cultura (Secult).

Guia de Serviços Áity

Em comemoração aos cinco anos de criação do Tecnocentro Bautista Vidal, a Secti lança oficialmente, durante a oficina, a edição especial de aniversário do Guia de Serviços das Startups do Parque Tecnológico da Bahia. O Guia, elaborado pela Assessoria de Comunicação da Secti, tem como objetivo dar visibilidade aos produtos e serviços desenvolvidos com o apoio da Áity Incubadora de Empresas. Nestes cinco anos, o Parque Tecnológico da Bahia se estabeleceu como o centro de convergência dos atores que compõem o sistema estadual de CT&I, congregando os principais agentes dinamizadores voltados à geração de ideias e soluções criativas. O material também está disponível para distribuição virtual, através do site institucional (secti.ba.gov.br) ou no Issuu (issuu.com/sectibahia)